A cidade de Farroupilha inicia nesta segunda-feira, 3, a vacinação para pessoas com comorbidades, conforme determina o Plano Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde. Um novo lote com 2.175 doses do imunizante chegou à cidade neste sábado, 1º de maio.

Com isso, poderão ser imunizadas pessoas com Síndrome de Down, acima de 18 anos; pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal, acima de 18 anos; gestantes e puérperas com comorbidades, acima de 18 anos; pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos de idade; e pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação continuada (BPC) de 55 a 59 anos de idade.

CONFIRA ABAIXO O CRONOGRAMA DA VACINAÇÃO E OS LOCAIS

Segunda-feira
A vacinação na segunda-feira será na Universidade de Caxias do Sul – Campus Farroupilha, na Rodovia dos Romeiros, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h, no formato drive-thru. Neste dia, devem dirigir-se ao local moradores da região central do município, bem como das comunidades do interior ou de bairros onde não há posto de saúde.

Terça-feira
Na terça-feira, 4, serão vacinados moradores dos bairros América e Cinquentenário. No bairro América, a imunização será realizada no posto de saúde, em formato drive-thru. Já no bairro Cinquentenário, a imunização será realizada na sala de vacinação do posto de saúde local. Em ambos os bairros, a vacinação ocorre também das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h.

Outras datas
Todas as Unidades Básicas de Saúde de Farroupilha terão vacinação contra a covid-19. Por isso, para evitar aglomeração e risco às pessoas, um cronograma de imunização intercalado nas UBSs foi montado e será divulgado em etapas. Desta forma, é importante que as pessoas que se encaixam no grupo contemplado para receberem o imunizante, o façam na unidade do bairro onde residem.

Documentos necessários
Para ser imunizado, é preciso apresentar um documento com CPF, comprovante de residência e documento que comprove a comorbidade (receita médica, atestados médicos, laudos médicos, notas de alta hospitalar e exames, etc.). Além disso, gestantes também além de comprovar a comorbidade, devem levar o cartão do pré-natal. As puérperas precisam mostrar a certidão de nascimento do filho ou a declaração de nascido vivo. Pessoas com deficiência que estão cadastradas no programa de Benefício Continuado serão vacinadas mediante constatação na listagem da Ação Social.

Campanha Doses de Solidariedade

Segue junto aos pontos de vacinação contra a covid-19 no município, a campanha Doses de Solidariedade, liderada pelo Gabinete da Primeira-Dama. A ação visa arrecadar alimentos não perecíveis, com o apoio voluntário da comunidade. Do montante arrecadado, 50% será destinado para o Hospital Beneficente São Carlos e 50% para auxílio de pessoas em vulnerabilidade social.

Deixe o seu comentário!