O governo do Rio Grande do Sul divulgou nesta sexta-feira, 2, o mapa do Distanciamento Controlado e definiu pela sétima vez consecutiva o estado com risco altíssimo devido à pressão sobre a capacidade hospitalar. Isso significa que nesta 48ª rodada todas as 21 regiões estão em bandeira preta.

O governo salientou que o mapa é definitivo, sem possibilidade de envio de pedidos de reconsideração, devido à gravidade do cenário. Também segue suspensa a Regra 0-0, a partir da qual municípios sem registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias poderiam adotar protocolos de bandeira imediatamente inferior. A cogestão regional, por sua vez, está permitida.

Deixe o seu comentário!