O presidente do Legislativo de Farroupilha, Thiago Brunet, apresentou um relatório realizado em novembro de 2017 pela empresa Econsult, onde foi constatado alguns níveis superiores aos permitidos de chumbo, cobre, níquel e zinco. Conforme Brunet, os laudos são de uma análise do lodo da barragem da Julieta. Os dados que chamam mais a atenção são os do chumbo, que está em nível um e o níquel, que está em nível dois.


Brunet informou que o problema foi repassado para o executivo e um diálogo deverá ser realizado com a Corsan para que seja buscado o tratamento do esgoto de Farroupilha.

Áudios

Deixe o seu comentário!