Os acolhidos no Centro Terapêutico Fazenda Esperança, Daniel Ramos Lemos, 39 anos, e Luan Araldi, 28, relataram seu envolvimento com as drogas, a acolhida e o tempo de permanência no tratamento, o apoio da família e a volta por cima de uma vida que consideravam perdida. Hoje eles possuem esposa, filhos e se dizem livres das drogas.

Lemos contou que conheceu este mundo ainda na infância, no lugar em que morava com a família e através das amizades. Com o passar do tempo, saiu de casa e abandonou tudo até chegar no fundo do poço. Ele está na Fazenda Esperança desde 2015 e se diz recuperado. "O primeiro passo é entender que fomos derrotados e que precisamos de ajuda”, relatou.

Araldi comentou que chegou à fazenda em 2016, onde encontrou novamente sua esperança de viver. "Conquistei dentro da Fazenda Esperança a minha vida, a vontade de viver e parei com as drogas”, destacou.

Os dois reconheceram e agradeceram aos profissionais do Centro Terapêutico pelo carinho, humanidade e a forma respeitosa com que foram recebidos.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!