O termo que torna o Hospital São Carlos de Farroupilha referência em alta complexidade na traumatologia e ortopedia foi assinado na tarde desta quarta-feira, 30, pela secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, pelo prefeito Claiton Gonçalves e pelo presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) e gestor de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin. A solenidade foi realizada na Câmara de Vereadores.

O termo também prevê o repasse de R$ 140 mil por mês do governo estadual para o Hospital São Carlos com o objetivo de ajudar no custeio do serviço. Além disso, o Ministério da Saúde e os municípios conveniados também repassarão o mesmo valor, resultando em R$ 420 mil mensais ao todo.

Nos próximos dias será assinado o termo de cooperação com as cidades parceiras para a realização de mais de duas mil cirurgias. Cerca de 300 pessoas que estão aguardando esses procedimentos cirúrgicos são farroupilhenses. O serviço começará gradativamente a partir de novembro.

Leia Também

Deixe o seu comentário!