O associado e conselheiro do Hospital São Carlos, Clarimundo Grundman, comenta que ainda há o risco de o hospital fechar. Ele explica que a receita da casa de saúde aumentou, mas ainda existe um déficit entre 600 e 700 mil reais por mês. Esse débito vem de salários, impostos e empréstimos. A principal preocupação fica por conta do 13°, onde ainda não há provisão para cobrir os pagamentos, afirma Clarimundo. Confira a entrevista no áudio abaixo.

Áudios

Deixe o seu comentário!