A Prefeitura de Farroupilha, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na última quarta-feira, 7, a entrega de um aparelho ao Hospital Beneficente São Carlos para a realização de testes da orelhinha nos recém-nascidos. O aparelho, no valor de R$ 12 mil, foi adquirido com recursos oriundos do Programa Nota Fiscal Gaúcha. O teste é indolor, não necessita de anestesia e não apresenta contraindicações. Ele consiste apenas na colocação de um fone na orelha, acoplado a um computador, que emite sons e recolhe as respostas que a cóclea (caracol ou cavidade espiral da parte auditiva do ouvido interno) do bebê produz.

Para a Secretária de Saúde, Rosane da Rosa, o foco é a prevenção. “O Hospital São Carlos é referência para a região em nascimentos. Por isso esse equipamento vem para qualificar ainda mais o trabalho da casa de saúde", explicou. A superintendente do hospital, Janete Toigo, destaca a importância desse equipamento. “Parece um aparelho tão pequenino, mas de grande importância para os bebês que não podem se expressar. E de nada adiantaria ter o aparelho se não tivéssemos uma profissional capacitada para esse tipo de procedimento”, referindo-se a fonoaudióloga Claudia Farinon, que executará o trabalho. Claudia salienta a importância do bebê fazer o teste no primeiro mês após o nascimento. Também destacou que entre mil bebês, um a três nascem com problemas de audição e com o aparelho, a prevenção ocorre de forma mais rápida.

Confira abaixo na galeria de áudios

Áudios

Deixe o seu comentário!