O presidente do Sindigêneros de Farroupilha, Elenir Bonetto, garantiu para a população que não faltará alimentos nos supermercados e estabelecimentos não fecharão em um primeiro momento. Apesar disso, cada proprietário decidirá se paralisa ou não suas atividades.

Bonetto afirmou que há possibilidade de antecipar 15 dias de férias aos funcionários para prevenir a transmissão do novo coronavírus. Se for necessário, o trabalhador receberá mais 15 dias. No caso do prazo de férias acabar, o funcionário não receberá enquanto estiver em casa.

Outra possibilidade explicada pelo presidente é um banco de horas em caso de horário reduzido. Nessa situação, após passar o período de prevenção ao coronavírus, o funcionário terá que compensar. “Está muito cedo para termos uma definição de data. Essa parte que é complicada, tu não sabes quanto tempo pode durar”, comentou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!