A superintendente geral do Hospital São Carlos, Janete Toigo, em entrevista para a Spaço FM, comentou sobre a atual situação da sala que seria utilizada para o funcionamento de uma Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) neonatal. Inaugurada em 2016, até o momento a unidade não entrou em funcionamento. “É impossível atualmente o hospital manter uma UCI. A UCI tem um custo mensal de R$ 750 mil”, afirmou.

A superintendente também enfatizou que desde que assumiu a direção da instituição, há cerca de um ano e dois meses, não houve demanda para internações em UCI. Ela também lembrou que caso algum recém-nascido precise do serviço, Farroupilha tem como referência Caxias do Sul e o paciente pode ser encaminhado até a cidade vizinha. Ela também salienta que o espaço será utilizado para outro serviço e um projeto está sendo estudado em conjunto com a Secretaria da Saúde de Farropilha.

DOAÇÕES

Durante a entrevista a superintendente comentou que a instituição ainda precisa de doações que devem ser entregues na portaria da casa de saúde. Janete salientou que as prioridades são café em pó, leite e perecíveis como frutas e verduras. Ela também agradeceu o auxilio de empresários que apoiam o hospital. A próxima promoção realizada pelas Voluntárias da Saúde será a rifa de uma casa pré-fabricada. Os números devem ser comercializados a partir da próxima semana. A casa será construída no terreno do hospital para que a população veja o prêmio, que é uma doação do Grupo Feltrin.

Áudios

Deixe o seu comentário!