A cidade de Caxias do Sul, através do secretário interino da Saúde, Júlio Cesar Freitas da Rosa, divulgou um documento afirmando que não realizará mais cirurgias eletivas e de alta complexidade.

A declaração foi apresentada na manhã desta quinta-feira, 11, no Salão Nobre da prefeitura de Farroupilha pela titular da 5ª Coordenadoria da Saúde, Solange Sonda, durante uma reunião com 49 municípios que buscavam justamente aumentar o número de procedimentos na região.

Na solicitação Caxias do Sul alega que não tem interesse e capacidade de atender as cirurgias. A secretária da Saúde de Farroupilha, Rosane da Rosa, explicou que a situação pegou todos de surpresa e que existia uma pactuação entre os municípios para que Caxias realizasse os procedimentos, mas o que havia sido firmado anteriormente foi perdido.

Os secretários municipais que estavam presentes na reunião estão levando o caso para o Ministério Público e buscam uma solução para a retomada das cirurgias em toda a região.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Deixe o seu comentário!