O engenheiro mecânico Ênio Ferreira alertou para as irregularidades no para-choque de caminhões, o que acaba ocasionando acidentes com a colisão de carros na traseira dos veículos pesados.

De acordo com Ferreira, nestes que os carros estão fora das normas, a parada do veículo somente vai acontecer através das colunas do para-brisa. “A parte debaixo, cofre do motor, motor, para-choque dianteiro vão entrando por baixo do motor, fazendo o efeito cunha, erguendo o próprio veículo e ele vai entrar completamente embaixo do caminhão”, explicou. Ele lamentou que muitas pessoas pagam com a vida quando muitos não se importam em estar dentro da lei.

O engenheiro mecânico salientou que grande parte dos caminhões não têm condições de trafegar, uma vez que têm para-choques velhos, que não resistem a um impacto traseiro. “Isso certamente causa a morte nos ocupantes do veículo que colidem na traseira do caminhão”, esclareceu.

Recentemente, um homem de 32 anos ficou ferido em um engavetamento que envolveu um caminhão em Farroupilha. Na colisão, o motor do Peugeot 206 ficou embaixo do para-choque do Mercedes-Benz 1513.

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!