Os pardais voltarão a funcionar em 12 rodovias estaduais gaúchas a partir desta sexta-feira, 9. Os controladores de velocidade monitorarão 93 faixas de tráfego.

Além disso, foram implantadas 25 câmeras e 25 dispositivos leitores de placas, que auxiliarão no rastreamento de veículos roubados. O investimento na manutenção e operação dos equipamentos é de R$ 5,8 milhões por parte do governo estadual. As empresas vencedoras das licitações para operar o serviço são Perkons e Fiscaltech.

Segundo o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer), os pardais instalados pela Perkons estão na ERS-030 (Osório-Tramandaí), ERS-040 (Viamão-Pinhal), ERS-122 (Portão-Caxias do Sul), ERS-239 (Novo Hamburgo-Rolante), ERS-240 (São Leopoldo-Montenegro), ERS-389 (Osório-Torres) e RSC-453 (Venâncio Aires-Tainhas). A empresa receberá R$ 3,9 milhões pela fiscalização eletrônica nas sete estradas e pelas 16 câmeras e 16 dispositivos leitores de placas implantados.

Para a Fiscaltech foi destinado R$ 1,9 milhão ao monitoramento de 25 faixas de tráfego nas seguintes rodovias: ERS-135 (Passo Fundo-Erechim), ERS-324 (Passo Fundo-Nova Prata), ERS-342 (Ijuí-Cruz Alta), RSC-153 (Passo Fundo-Tio Hugo), RSC-287 (Montenegro-Santa Maria) e ERS-122 (São Vendelino-Farroupilha). A empresa também é responsável por nove câmeras e nove dispositivos com leitores de placas.

Leia Também

Deixe o seu comentário!