O farroupilhense Paulo Gobbato revelou no Panorama desta quinta-feira como foi o último contato que teve com seu filho, o fisioterapeuta Rafael, morto na tragédia do avião da Chapecoense, na madrugada da última terça-feira. Paulo explica que conversou com Rafael no domingo, após o jogo da equipe catarinense contra o Palmeiras. O pai explica que o filho parecia estar em um tom diferente: “Ultimamente estava em um tom estranho de agradecimento, de gratidão, parecia que estava querendo se despedir, agradecia tudo que a gente fez por ele”. Paulo ainda contou como está a movimentação em Chapecó, que está recebendo emissoras do mundo inteiro. Primeiro, o farroupilhense anuncia que a previsão de chegada do corpo no Brasil deve ser entre a noite de sexta-feira ou sábado. Rafael fará parte do velório coletivo na Arena Condá, estádio da Chapecoense. Ainda não há data para trazer o corpo para seu sepultamento em Monte Bérico, 3° Distrito. Confira a entrevista no áudio abaixo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!